Jovens cientistas do estado de São Paulo expõem seus projetos entre 3 e 5 de dezembro no Catavento Cultural Educacional

Com o objetivo de incentivar o espírito investigativo, o empreendedorismo e a criatividades de jovens entre 14 e 20 anos, que sejam estudantes de 8ª e 9ª séries do Ensino Fundamental, Ensino Médio ou Ensino Técnico no Estado de São Paulo, o Catavento Cultural e Educacional – museu de ciência e tecnologia da Secretaria de Estado da Cultura de São Paulo – recebe, pelo quarto ano consecutivo, a Mostra Paulista de Ciências e Engenharia – MOP, promovida pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo, por meio do Laboratório de Sistemas Integráveis.

Farão parte da mostra 112 projetos distribuídos nas áreas de engenharia, ciências exatas e da terra, humanas, sociais aplicadas, biológicas, da saúde e agrárias. Selecionados entre os mais de 200 inscritos, os projetos são da autoria de alunos de escolas públicas e particulares. Além de boas ideias, os projetos deverão propor soluções inovadoras para problemas da sociedade com base na metodologia científica e de engenharia.

Os seis projetos com maior destaque na MOP 2014 terão vaga garantida na edição de 2015 da FEBRACE – Feira Brasileira de Ciências e Engenharia, e os três melhores de cada área serão premiados com troféus, medalhas e certificados. Dez estudantes serão selecionados para receber bolsas de Iniciação Científica Jr. concedidas pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

De acordo com a professora Roseli de Deus Lopes, coordenadora geral da MOP, “além da divulgação e valorização de jovens talentos para ciências e engenharia e suas pesquisas, as feiras e mostras científicas abrem novas oportunidades acadêmicas e profissionais, tanto para os jovens como para seus professores orientadores. Constituem-se, portanto, importantes instrumentos para a melhoria da educação básica e técnica”.

A MOP 2014 é organizada pelo Catavento Cultural e Educacional e o Laboratório de Sistemas Integráveis Tecnológicos – LSI-TEC e conta com o apoio institucional dos Ministérios da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) e da Educação (MEC), do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) e das Secretarias da Cultura e Educação do Estado de São Paulo.

Sobre o LSI

O Laboratório de Sistemas Integráveis Tecnológicos (LSI-TEC) é uma instituição de desenvolvimento tecnológico, com linhas de ação reconhecidas nacional e internacionalmente, tornando-o um centro de referência mundial dedicado ao desenvolvimento e inovação em tecnologias avançadas.

Fundado em 1999, o laboratório é um elo entre a sociedade e as instituições científicas de excelência, promovendo a aplicação do conhecimento em tecnologia e levando inovações à sociedade por meio de parcerias com instituições dos setores público e privado.

Dirigido por professores da Universidade de São Paulo e com projetos em parceria com o Laboratório de Sistemas Integráveis da Escola Politécnica da USP, o LSI-TEC conta com uma equipe altamente qualificada e multidisciplinar. Suas atividades são baseadas em três princípios: excelência, inovação e empreendedorismo.

Sobre o Catavento

Fruto de parceria entre as Secretarias Estaduais da Cultura e da Educação, o espaço foi inaugurado em março de 2009. São mais de 250 instalações em oito mil metros quadrados, divididas em quatro seções (Universo, Vida, Engenho e Sociedade), cada uma delas elaborada com iluminação e sons diferentes, que contribuem para criar atmosferas únicas e envolventes.

Atrações como aquários de água salgada, anêmonas e peixes carnívoros e venenosos, uma maquete do sol e uma parede de escaladas onde é possível ouvir histórias de personalidades como Gengis Khan, Júlio César e Gandhi, são apenas alguns exemplos de como o visitante pode aprender e se divertir ao mesmo tempo.

No local também é possível conferir as atrações da Fundação Museu da Tecnologia de São Paulo, que teve seu acervo transferido para o Catavento no início de 2011. Entre os principais equipamentos estão a locomotiva Dübs (fabricada em 1888 na Inglaterra que pertenceu à Cia. Paulista de Estradas de Ferro e foi usada brevemente para o transporte de carga) e o avião DC-3 (1936), que foi utilizado como cargueiro militar na Segunda Guerra Mundial.

 

Serviço Catavento Cultural e Educacional

Onde: Palácio das Indústrias – Praça Cívica Ulisses Guimarães, s/no (Av. Mercúrio), Parque Dom Pedro II, Centro – São Paulo/SP

Telefone11 3315-0051 – atendimento das 11h às 17h

Quando: terça a domingo, das 9h às 17h (bilheteria fecha às 16h).

Quanto: R$ 6 e meia-entrada para estudantes, idosos e portadores de deficiência. Gratuito aos sábados

Como chegar: www.cataventocultural.org.br/mapas.asp

Acesso por transporte público: estação de metrô Pedro II e terminal de ônibus do Parque Dom Pedro II.

Estacionamento: R$ 10 até 4 horas (para visitantes do museu). Adicional por hora: R$ 2,00 (capacidade para 200 carros). Ônibus e vans: R$20,00.

Infraestrutura: acesso para pessoas com deficiência locomotora.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Feiras de Ciência

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s