UNESCO: O que é Educação para o Desenvolvimento Sustentável ?

O editorial reproduzido a seguir foi publicado no número 4 do informativo eletrônico Correio da UNESCO.

Clique aqui para conferir a edição completa com artigos voltados para o tema educação para o Desenvolvimento Sustentável no mundo.

Este editorial foi escrito por Nicholas Burnett, Diretor-Geral Adjunto da UNESCO para a Educação.

O que é Educação para o Desenvolvimento Sustentável (EDS)?
É uma educação destinada a preparar o futuro. Ela pretende nos tornar capazes de enfrentar os principais desafios da atualidade: a proteção do meio ambiente, o respeito pela biodiversidade e a defesa dos direitos humanos.
Há pouco mais de 20 anos, a Comissão Mundial sobre o Meio Ambiente e o Desenvolvimento lançava um apelo para que fosse adotado um “modo de desenvolvimento suscetível de responder às necessidades do presente sem comprometer a capacidade de resposta das gerações futuras diante de seus próprios problemas”. Assim, encontrava-se resumida a essência do desenvolvimento sustentável: uma visão de longo prazo que nos incentiva a assumir nossas responsabilidades no presente e, ao mesmo tempo, no futuro.Esta tomada de consciência levou uma boa parte dos Estados-membros a adotar, em 2000, os oito Objetivos do Milênio para o Desenvolvimento que visam a erradicar a pobreza extrema e a fome, a melhorar a saúde da mãe e da criança, a combater o HIV e a Aids, a concretizar o ensino primário para todos, a promover a igualdade entre os sexos e a garantir um meio ambiente sustentável. Ora, estamos convencidos de que, sem o apoio da educação, nenhum desses objetivos será alcançado; por isso, em 2005, procedeu-se ao lançamento da Década das Nações Unidas para a Educação em favor do Desenvolvimento Sustentável (DEDS).

Efetivamente, a EDS reorienta o aprendizado em vários níveis: em primeiro lugar, exige uma abordagem interdisciplinar, integrando as dimensões social, ambiental, econômica e cultural do desenvolvimento, assim como levando-nos a tomar consciência de nossa interdependência em relação às outras pessoas, ao mundo circundante e à natureza. Deste modo, ela pretende nos tornar capazes de enfrentar desafios da atualidade tais como proteção do meio ambiente, respeito pela biodiversidade e defesa dos direitos humanos. Ela facilita, também, o desenvolvimento tanto do pensamento crítico quanto da capacidade de decisão e de resolução de problemas, ao mesmo tempo que incentiva o diálogo, o trabalho em equipe e o espírito de iniciativa. Por último – e este é, sem dúvida, o aspecto mais importante –, ela faz sobressair as noções de paz, igualdade e respeito pelos outros, assim como pelos ambientes natural e social. Em outras palavras, ela visa a nos dar autonomia com a oferta de conhecimentos, competências e valores que façam de nós verdadeiros agentes da mudança.

A Conferência Mundial da UNESCO sobre a Educação em favor do Desenvolvimento Sustentável, realizada em Bonn (Alemanha), de 31 de março a 2 de abril, mostrou que numerosos países já implementaram quadros estratégicos inovadores em favor da EDS. A Década incentivou os países a repensar os objetivos da educação, os conteúdos dos programas escolares e as práticas pedagógicas em complementaridade com os esforços despendidos para realizar o Educação para Todos (EPT).

A Década tem engendrado uma série de iniciativas e de projetos que colocam em prática o EDS tanto no âmbito escolar quanto no extra-escolar. Apesar disso, os progressos permanecem desiguais e devemos perseverar na sensibilização do público em geral. Hoje, devemos juntar nossas energias para que a EDS seja estabelecida como linha diretriz que permita melhorar a pertinência e a qualidade da educação graças ao compromisso de dirigentes políticos, de estabelecimentos de formação dos docentes, de universidades e de outros importantes parceiros. Devemos, igualmente, tirar proveito de todas as oportunidades para insistir sobre a centralidade da EDS.

A educação deverá fornecer respostas para a crise atual

A crise financeira e econômica nos induz a aplicá-la sem mais tardar. Não conseguiremos reduzir a pobreza e construir sociedades mais equitativas, duradouras e focalizadas na paz se não dotarmos os indivíduos, em todas as épocas da vida, com conhecimentos, competências e valores que lhes permitam informar-se e tomar decisões de maneira responsável. Uma educação de qualidade que facilite a tomada de consciência, a abertura, a solidariedade e a responsabilidade deve fazer parte de qualquer resposta à atual crise mundial.

Como é demonstrado por esta edição do Correio, a mobilização de alunos, professores, escolas e comunidades para enfrentar os desafios sociais e ambientais constitui o primeiro passo para superá-los. Mas, acima de tudo, é necessário que os dirigentes e os tomadores de decisão estabeleçam as condições indispensáveis a fim de que a educação se oriente para a construção de uma maior equidade entre as sociedades.

Anúncios

3 Comentários

Arquivado em Relevância Social, Vale a pena Ler

3 Respostas para “UNESCO: O que é Educação para o Desenvolvimento Sustentável ?

  1. Maria Peixoto Dias Morais

    EDUCAÇÃO PARA O DESENVOLVIMENTO SUSTETÁVEL” (EDS)
    Partindo do princípio, que as nossas escolas formam jovens conscientes para a formação da cidadania, é fundamental, que este tema “Educação para o desenvolvimento Sustentável” tenha início nas nossas escolas.
    Os nossos alunos, devem estar preparados conscientemente para “saber ser”, “saber estar” na escola, entender que ela é a continuação da nossa casa, e que para isso, deverá estar conservada, limpa e que haja gosto pelo ambiente conservado por todos nós, pois é lá que passamos todo o dia.
    Neste sentido, é importante que a Escola, seja o ponto de partida para todo o processo da “Educação para o Desenvolvimento Sustentável”, que haja mudança de comportamento, de forma que possa garantir a sustentabilidade dos recursos indispensáveis para a nossa sobrevivência.
    É importante, que haja um envolvimento de toda Comunidade Escolar , Pais/Encarregados de Educação, das Autarquias, das Associações Locais, Políticos etc., com o objetivo de sensibilizar e desenvolver processos/estrategias, que posam manter a sustentabilidade do nosso Planeta .
    De referir que um pequeno gesto de cada um de nós, somar-se-ão a nível local, regional, nacional e mundial para salvar o nosso Planeta que é um bem de todos e que as nossas gerações vindouras, também tenham o direito de usufruir dos recursos naturais que neste momento, está sendo ameaçado de uma forma assustadora, em prol do crescimento económico. Este é importante mas não é sinónimo de desenvolvimento. O que se observa é o desequilíbrio da natureza, tendo como consequência as grandes catástrofes naturais (cheias, secas, vulcanismos, sismos, tufões, furacões etc.), aumentando a pobreza extrema, as doenças, a fome, não permitindo uma qualidade de vida saudável.
    As assimetrias entre ricos e pobres, cada vez mais, aumentam, sendo visíveis as grandes desigualdades entre os povos.
    É obvio que as mobilizações, através das diversas Cimeiras do Ambiente, envolvendo países desenvolvidos e países em desenvolvimento, tem sido pertinente, porém, há ainda muitas situações a serem implementadas, não podendo ficar registadas somente em papéis, regulamentos, etc. Há necessidade, de uma corrida contra o tempo, condições económicas e força de vontade para interagir em grandes mudanças de comportamentos.
    Finalmente,” Educação para Desenvolvimento Sustentável”- é a tomada de consciência, em que todos nós, devemos estar preparados, para entender, que os recursos naturais devem ser preservados/conservados, que as nossas gerações futuras também têm o direito e a oportunidade de ter estes recursos para a sua sobrevivência.
    Maria Peixoto

  2. Pingback: Science activities with STS/CT orientation within an ESD framework (ii) | marisarsilva

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s